01.10.2018  /  10:29

Sem dinheiro para Eugenie: petição exige que casamento da princesa não seja pago com dinheiro público

Princesa Eugenie e Jack Brooksbank || Créditos: Getty Images
Nem um centavo de dinheiro público para o próximo casamento real: mais de 20 mil pessoas já assinaram uma petição para que a cerimônia da princesa Eugenie, neta da rainha Elizabeth, seja totalmente paga com dinheiro da família dos noivos. Eugenie e Jack Brooksbank trocam alianças no próximo dia 12 de outubro, em Windsor,  mesmo local onde Harry e Meghan se casaram em maio. Mas ao contrário do ultimo royal wedding, dessa vez os súditos não estão se sentindo confortáveis com o uso de milhões dos contribuintes para pagar parte da conta.
O argumento de quem tem votado contra qualquer contribuição para a ocasião, é que o casamento de Eugenie e Jack seria um evento privado entre duas pessoas que não trabalham para a família real e que não atrairá tanta atenção do público (o de William e Kate, em 2011, e o Harry e Meghan, neste ano, custaram caro, mas renderam a vários setores da economia uma enorme fatia de dinheiro deixada pela massiva movimentação no Reino Unido).
Representantes da família real já declararam que as núpcias serão custeadas pelos pais dos noivos. No caso de Eugenie, o príncipe Andrew, segundo filho da rainha Elizabeth, e sua ex-esposa, Sarah Ferguson. O que fica por conta do dinheiro público é o montante que a polícia local terá que desembolsar para fechar várias ruas, instalar grades de contenção e detectores de metais, além de aumentar o efetivo em mais de 50%. O valor para tudo isso fica em torno de R$ 10 milhões.
Depois da missa na St. George’s Chapel, os noivos farão em carruagem aberta o mesmo trajeto de Harry e Meghan, e que foi transmitido ao vivo para o mundo todo. (Por Gabi Chanas)