06.02.2018  /  15:02

Selena Gomez se internou em clínica luxuosa dos EUA para tratar depressão e ansiedade

Selena Gomez e uma foto da Privé-Swiss || Créditos: Getty Images/Reprodução

Atualmente dando um break na carreira para cuidar de problemas relativos à saúde física e mental, Selena Gomez deu entrada recentemente em uma luxuosa clínica de Connecticut, nos Estados Unidos, para se submeter a um programa de bem-estar com duração de duas semanas. O estabelecimento chamado Privé-Swiss se apresenta como “o lugar pensado especialmente para indivíduos que vivem no agito do high e precisam de um retiro de suas rotinas de vez em quando”. Uma estadia de 30 dias por lá pode custar até US$ 120 mil (R$ 390,6 mil).

No caso da dona do hit “Good For You” – que já passou por uma clínica do Arizona em 2014 pelo mesmo motivo, a famosa Meadows, e por outra no Tennessee, em 2016 -, os tratamentos aplicados foram para ansiedade e depressão, problemas dos quais ela sempre falou abertamente, e incluíram rotinas para recarregar as energias, terapia, sessões de musculação e de Pilates, meditação, massagens e dieta controlada por nutricionista.

A vantagem da Privé-Swiss em relação à concorrência é que esta permite aos seus pacientes viajar no meio do  tratamento para cuidar de assuntos relativos ao trabalho (na Meadows, por exemplo, isso é terminantemente proibido), tanto que Selena – que vive um revival no namoro ioiô com Justin Bieber – deu uma escapulida para Nova York em plena pausa espiritual com esse propósito. Melhor dos mundos: além das saidinhas básicas, a clínica é pet friendly e deixa que seus pacientes tragam seus pets, o que em se tratando da cantora deve ter sido um plus, já que ela tem vários animais de estimação. (Por Anderson Antunes)