13.10.2017  /  8:00

Segue a trilha: um mergulho na história com o melhor de Budapeste

Segue a trilha: Glamurama entrega roteiro com o melhor de Budapeste, na Hungria || Créditos: iStock

A capital da Hungria é uma cidade rica em história, cultura e arquitetura, com construções maravilhosas quem datam do século XIII ao XIX. Por ser pequena, é muito fácil de ser explorada e o transporte público funciona perfeitamente.

O que fazer

Teatro da Ópera e Castelo de Buda estão entre os programas imperdíveis por Budapeste || Créditos: Divulgação

Passear pelo centro observando a arquitetura típica e a paisagem do Danúbio é sempre um must. O Castelo de Buda, Patrimônio Mundial da Humanidade, é imponente e chama a atenção de longe. De lá, tem-se uma vista panorâmica linda de Budapeste. O primeiro castelo foi construído por volta dos anos 1200 como sede real e lá encontramos a Galeria Nacional da Hungria e o Museu de História de Budapeste, que valem muito a visita.

O Teatro da Ópera é um dos principais atrativos da cidade e fica em um belíssimo edifício neo-renascentista. A construção do teatro teve início em 1875, as obras demoraram nove anos para serem finalizadas. O local se tornou a mais importante casa de ópera e um dos principais trabalhos do arquiteto húngaro Miklós Ybl. Há também visitas guiadas para apreciar a arquitetura que terminam com um mini concerto.

Onde ficar

Kempinski Hotel Corvinus e o restaurante japonês Nobu || Créditos: Divulgação

O Kempinski Hotel Corvinus, um dos melhores hotéis da cidade, é superbem localizado, pertinho do Rio Danúbio, de pontos turísticos e cercado de cafés e lojas. Aberto há 25 anos, foi reformado recentemente e tem ótimos restaurantes, como o húngaro austríaco És e o famoso japonês Nobu, o único do leste europeu. (Por Renata Araújo, do blog You Must Go)