05.05.2019  /  9:00

Se tiver sorte, CEO do Uber poderá embolsar bolada de US$ 100 mi na próxima quinta. Entenda!

Dara Khosrowshahi || Créditos: Reprodução

É comum que grandes empresas lancem “desafios financeiros” para incentivar seus executivos a conquistarem bons resultados, mas recentemente essa prática foi elevada à máxima potência no Uber. É que os acionistas da maior prestadora de serviços eletrônicos na área do transporte em todo o mundo estão dispostos a autorizar o pagamento de um bônus de nada menos que US$ 100 milhões (R$ 393,5 milhões) para o poderoso CEO Dara Khosrowshahi caso ele consiga convencer os investidores de olho na aguardada estreia da gigante americana na bolsa que esta vale pelo menos US$ 120 bilhões (R$ 472,2 bilhões).

Não se trata de tarefa fácil, já que no momento o valor de mercado mais otimista da companhia está na casa dos US$ 91,5 bilhões (R$ 360 bilhões). Isso sem falar que o prejuízo da Uber no primeiro trimestre foi de mais de US$ 1 bilhão, e não há previsão de quando o negócio finalmente se tornará lucrativo. A princípio marcado para abril, o IPO que é tido como o mais importante do ano vai acontecer na próxima quinta-feira, e promete ser um dos principais assuntos da semana no noticiário econômico. Se tiver sorte, Khosrowshahi também renderá notícias como o bambambã mais bem pago do Vale do Silício até agora em 2019. (Por Anderson Antunes)