31.08.2009  /  9:00

O Supremo Tribunal da França decidiu aceitar mensagens de SMS como provas legítimas em casos de divórcio por adultério.

O Supremo Tribunal da França decidiu aceitar mensagens de SMS como provas legítimas em casos de divórcio por adultério. A decisão foi anunciada esta semana, durante um processo no qual a mulher quis provar a traição do marido a partir de mensagens gravadas no celular.

* Instâncias inferiores se recusaram a aceitar a prova alegando que as mensagens estão subordinadas à confidencialidade, porém o Supremo entendeu que, no caso delas serem obtidas sem violência nem fraude, podem sim servir como material para os advogados. Se fosse por aqui, provavelmente muita gente ficaria de cabelo em pé.