695176183EP00039_Moet_Chand
695176183EP00039_Moet_Chand

Scarlett Johansson sobre monogamia: “Não acho que é natural”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
695176183EP00039_Moet_Chand
Scarlett Johansson discursando durante o gala do amfAR de Nova york em fevereiro deste ano || Créditos: Getty Images

Enquanto alguns sonham em casar, Scarlett Johansson anda evitando a vida conjugal. O que a atriz, que está colocando um ponto final em seu segundo casamento, com o jornalista francês Romain Dauriac, pensa sobre monogamia, foi tema de entrevista cedida para a revista “Playboy” americana, que estará nas bancas em março. Segundo ela, casamento é algo muito bonito, mas não é um estado “natural”, uma vez que as pessoas enfrentam duras dificuldades para se comprometerem a ele.

Questionada sobre sua incerteza com relação a monogamia, respondeu: “Bem, com todo ganho há uma perda, certo? Então isso é uma perda. Você tem que escolher um caminho. Acho que a ideia de casamento é muito romântica; é uma ideia linda e a prática dele pode ser uma coisa muito bonita”, disse a atriz. “Eu não acho que é natural ser uma pessoa monógama. Eu poderia ser alfinetada por isso, mas eu acho que dá trabalho. Dá muito trabalho.”

“E pelo fato de dar tanto trabalho pra tanta gente – pra todo mundo – prova que isso não é uma coisa natural”, continuou a atriz. “É algo que eu respeito muito e já experimentei, mas acho que definitivamente vai contra ao instinto de olhar além”, concluiu.

Em tempo: Scarlet Johansson se divorciou de Romain Dauriac há cerca de seis meses, mas a notícia se tornou pública apenas em janeiro deste ano. Recentemente, os dois foram vistos em uma vernissage em clima amigável. É sabido que a atriz contratou os serviços da advogada Laura Wasser, que representa Johnny Depp em seu divórcio de Amber Heard, e que também representou Ryan Reynolds quando se divorciou da própria Scarlett. Vida que segue…