12.09.2020  /  8:30

Saldão: Tommy Hilfiger corta preço de mansão em US$ 3 mi para atrair potencial comprador

O pied-à-terre dos Hilfiger na praia de Golden Beach, em Miami || Créditos: Getty Images/Reprodução

Além de não ter encontrado até hoje um comprador interessado em bancar os US$ 50 milhões (R$ 264,4 milhões) que está pedindo por uma penthouse no Plaza Hotel, de Nova York, Tommy Hilfiger também enfrenta dificuldades para vender a mansão no bairro Golden Beach, de Miami, que colocou no mercado em 2018 por US$ 27,5 milhões (R$ 145,4 milhões). Na tentativa de reverter a situação, o estilista acaba de baixar o preço do château modernista em US$ 4 milhões (R$ 21,1 milhões), para US$ 23,5 milhões (R$ 124,3 milhões).

Apesar do “descontão” milionário, Hilfiger e sua mulher, Dee Ocleppo, ainda têm chances de recuperar o valor que investiram para ficar com o pied-à-terre em 2013, quando desembolsaram US$ 17,25 milhões (R$ 91,2 milhões), só para ter onde colocar a enorme coleção de objetos de pop-art que possuem – e que está fora do negócio, claro.

Cifras à parte, trata-se de uma propriedade e tanto, decorada pelo arquiteto americano Martyn Lawrence Bullard com inspiração nos anos 1970. A área total construída passa dos 1,3 mil metros quadrados e inclui oito suítes completas, amplos espaços de living, cozinha gourmet, academia, e – a melhor parte – 30 metros de frente para a praia mais exclusiva da Flórida. (Por Anderson Antunes)

*

Para ver mais fotos do imóvel é só seguir a seta na galeria aí embaixo: