27.11.2019  /  13:10

Saiba como os cabelos são afetados pelo ciclo menstrual e especialista ensina como lidar com isso

Marina Ruy Barbosa // Crédito: Mauricio Nahas

Em apenas um mês o corpo da mulher passa por diversas alterações, tudo por conta do ciclo menstrual. Talvez muita gente não saiba que, além da pele, os cabelos também são bastante afetados por essa montanha-russa hormonal. E o que podemos fazer para manter a beleza e saúde dos fios? A dermatologista Karla Assed explica tudo para o Glamurama:

Queda por anemia
As mulheres que têm fluxo menstrual muito intenso, podem sofrer com anemia por falta de ferro. “Essa é uma das causas mais importantes da queda de cabelo. Com isso, mulheres com um sangramento menstrual exagerado, devem ficar atentas á alimentação, para prevenir a anemia”, explica a especialista. Segundo Karla, o ideal é investir em alimentos ricos em proteínas e vitaminas, para repor os nutrientes perdidos e assim melhorar a aparência dos fios.

Couro cabeludo mais oleoso!
No período menstrual ocorre uma mudança no pH do couro cabeludo, o que aumenta a oleosidade dos fios. “Nesta fase há uma queda na quantidade de hormônio circulante. Com isso, a testosterona, que é o hormônio masculino, pode agir de forma mais intensa, o que estimula as glândulas sebáceas a produzirem mais óleo no couro cabeludo”, afirma a dermatologista. Com isso pode haver uma queda de cabelos além do normal (até 100 fios de cabelo por dia é considerado normal) durante o período.

Ressecamento
Após a ovulação, o nível de estrogênio costuma cair e há um aumento do hormônio masculino, a testosterona. Porém, mesmo com o couro cabeludo mais oleoso, os fios podem ficar ressecados. Nem todas as mulheres enfrentam essa situação. As que fazem uso de anticoncepcional podem não sentir tantas destas alterações. “Nas outras fases do ciclo, como a folicular, um pouco depois da menstruação terminar, há um aumento do estrogênio e o cabelo tende a ficar mais bonito e hidratado”, ressalta Karla.

Aproveite a TPM para mudar
E é durante a temida TPM que o couro cabeludo e a pele estão mais oleosos. Karla Assed dá a dica: “Isso pode ser favorável para fazer colorações ou descolorações, pois essa oleosidade ajuda a proteger os fios da química, formando uma barreira natural”.