30.09.2020  /  10:27

Sacha Baron Cohen aproveita debate nos EUA para anunciar apoio de Borat a Trump

Sacha Baron Cohen e Donald Trump || Créditos: Reprodução

Sacha Baron Cohen, que no passado recente roubou a cena em eventos como o Festival de Cannes e o MTV Movie Awards, aproveitou o hype do primeiro e pra lá polêmico debate entre os presidenciáveis dos Estados Unidos, realizado na noite dessa terça-feira em Cleveland, no estado americano de Ohio, para promover seu personagem mais famoso. No Twitter, o comediante britânico postou em uma conta de sátiras dedicada ao Borat, o apresentador de televisão cazaque Borat que ele apresentou ao mundo em 2007, para endossar Donald Trump, o atual presidente dos EUA e candidato à reeleição no pleito desse ano.

“Parabéns ao grande amigo do povo cazaque @realDonaldTrump por vencer o debate de hoje! [Mais um] resultado impressionante e surpreendente para um premier forte que sempre colocou a América e o Cazaquistão em primeiro lugar!”, Borat escreveu na legenda de um vídeo que postou no microblog, no qual também afirma que o morador da Casa Branca desde 2017 “não é racista e é alguém tão adorado pelos negros que eles até se curvam em sua frente” e ameaça “destruir” aqueles que não votarem nele em 3 de novembro.

Cohen deverá continuar Trump até o lançamento de seu próximo filme, a continuação de “Borat – O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América”, um hit que chegou aos cinemas há 13 anos e faturou mais de US$ 262,6 milhões (R$ 1,48 bilhão) nas bilheterias internacionais. Intitulada “Borat – Um Presente de Macaco Pornográfico para o Vice-presidente Mikhael Pence em Benefício da Nação Recentemente Diminuída do Cazaquistão”, em tradução livre, que teve seus direitos de exibição adquiridos pela Amazon Studios, na qual deverá estrear em 23 de outubro. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o tuíte de Borat, postado na conta de sátiras @KazakhstanGovt: