05.08.2020  /  9:51

Ryan Reynolds se desculpa por ter casado com Blake Lively em fazenda cultivada por escravos

Blake Lively e Ryan Reynolds || Créditos: Reprodução

Um dos atores mais “cool” de Hollywood, Ryan Reynolds aproveitou uma entrevista que deu recentemente para a revista “Fast Company” para pedir desculpas por algo que fez em 2012 junto com a mulher, a atriz Blake Lively: os dois trocaram alianças há oito anos em uma casamentão que organizaram na Boone Halls, uma fazenda da Carolina do Sul que, por ser uma das mais antigas dos Estados Unidos, foi durante muito tempo cultivada por escravos.

“É impossível desfazer esse erro”, Reynolds disse à publicação americana. “A princípio tudo era apenas um lugar legal pra casar que descobrimos no Pinterest, mas depois descobrimos sua história devastadora e cheia de tragédias”, explicou o ator de 43 anos. Há quem diga, no entanto, que trata-se de uma desculpa esfarrafada da parte dele, já que a própria Boone Hall anuncia em seu site ter mais de 320 anos (a escravidão foi abolida nos EUA 155 anos atrás).

Em 2014, aliás, a própria Lively se tornou alvo de críticas depois que seu extinto site de lifestyle, o Preserve, publicou um editorial de moda intitulado “Allure to Antebellum” (algo como “O Estilo do Pré-Guerra”) inspirado na bandeira dos Estados Confederados, usada pelos estados do sul dos EUA que eram contra a liberação de escravos durante a Guerra Civil americana e que hoje em dia, por razões óbvias, é considerada racista. (Por Anderson Antunes)