23.07.2018  /  8:58

Rumores sobre a morte do príncipe Philip tiraram a rainha Elizabeth II do sério no fim de semana

Elizabeth II e Philip || Créditos: Getty Images

Uma das características mais famosas da rainha Elizabeth II é sua capacidade de lidar com os mais variados problemas sem abrir mão de sua frieza tipicamente britânica. Mas a monarca deixou isso de lado no fim de semana quando se mostrou claramente irritada com uma notícia falsa que começou a circular no Twitter na última sexta-feira, segundo a qual o príncipe Philip teria partido dessa para uma melhor – aos 97 anos, ele já havia sido alvo de rumores parecidos quando anunciou a aposentadoria, em meados do ano passado.

Claro que daí pro assunto macabro se tornar trending topic no microblog foi um pulo, e o Palácio de Buckingham está sendo inundado desde então com ligações de representantes da imprensa de todo mundo ávidos por saber se o duque de Edimburgo continua entre nós – ele vai muito bem, obrigado. Justamente por causa disso que a rainha perdeu as estribeiras, apesar de que em conversas com seus assessores palacianos no fim de semana ela admitiu que não há muito o que fazer a respeito.

Elizabeth II já se referiu ao marido nas raras ocasiões públicas em que fala do casamento de mais de sete décadas deles como sua “maior força e apoio”, o que em parte explica porque ela reage tão mal às notícias sobre a morte do companheiro de quem geralmente não desgruda, apesar de que no momento os dois estão curtido férias de verão em lugares separados e bem longe um do outro: a rainha no Castelo de Balmoral, na Escócia, e o consorte na residência de Sandringham, no sudeste da Inglaterra. (Por Anderson Antunes)