11.09.2017  /  12:09

Rumor dá conta de que Banksy foi preso em Londres e teve a identidade revelada

Banksy: identidade revelada? || Créditos: Getty Images

Um rumor que circula pela internet desde a semana passada dá conta de que o artista de rua inglês Paul William Horner, de 38 anos, foi preso pela polícia de Londres no início do mês em um estúdio que mantém na cidade. Interrogado durante horas, ele teria confessado ser o homem por trás do pseudônimo Banksy, do grafiteiro mais famoso do mundo, considerado um gênio por muitos e tratado como criminoso por outros.

Ainda mais impressionante é o fato de que a prisão teria sido uma força-tarefa entre as autoridades encarregadas de acabar com pichações nas ruas da capital inglesa e a polícia de Israel, onde Banksy esteve recentemente para participar da inauguração do The Walled Off, o hotel que fica em Belém, na Palestina, e é repleto de obras assinadas por ele e seus amigos Dominique Petrin e Sami Musa em protesto contra o muro que divide o país dos israelenses.

Seria um escândalo, não fosse pelo fato de que a história não é verdadeira. Famoso por espalhar notícias falsas online, Horner já alegou em outras ocasiões que era Banksy e até conseguiu convencer muita gente disso com o apoio de sites especializados em “fake news”, como o NC Scooper e o News Examiner. Exceto pelo fato de que o The Walled Off realmente abriu as portas recentemente com a colaboração do artista, a identidade verdadeira dele continua mais secreta do que nunca. (Por Anderson Antunes)

Paul William Horner jura que é Banksy, mas não é bem assim… || Créditos: Reprodução