Em gravação, senador Delcídio diz que Paes e Romário fizeram acordo sobre eleição no Rio
Em gravação, senador Delcídio diz que Paes e Romário fizeram acordo sobre eleição no Rio ||Juliana Rezende/AgNews

Romário sobre gravação-bomba: “Não tenho nenhum acordo com ninguém”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0
Em gravação, senador Delcídio diz que Paes e Romário fizeram acordo sobre eleição no Rio ||Juliana Rezende/AgNews
Em gravação, senador Delcídio diz que Paes e Romário fizeram acordo sobre eleição no Rio ||Juliana Rezende/AgNews

O Senado está em chamas. Além da consternação geral com a prisão do líder do governo na Casa, o senador Delcídio Amaral (PT-MS), um outro parlamentar volta à berlinda: o ex-jogador Romário (PSB-RJ). O áudio da conversa entre Delcídio Amaral, Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, e o advogado da família, é intrigante. Nele, o senador conta ter recebido o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o secretário de governo do Rio, Pedro Paulo (pré-candidato à Prefeitura do Rio com aval de Paes), e o senador Romário em seu gabinete. Delcídio conta que fizeram acordo sobre a sucessão no Rio, segundo lhe relatou o “chapa” Eduardo Paes.

– “Eles fizeram uma composição ali para apoiar o Pedro Paulo (na disputa em 2016). Fui tirar uma foto com eles, rapaz, e todo mundo ali, com uma mão em cima da outra. Não entendi nada!”, contou Delcídio.

O advogado de Cerveró, então, sugere a Delcídio que o acordo foi firmado por causa das contas de Romário na Suíça. O petista pergunta se a conta existia, de fato.

Indignado com o burburinho, Romário começou a dar respostas pelo Twitter. Disse não ter acordo nenhum com Paes, reiterou que o caso da Suíça já está mais do que explicado e que as autoridades daquele país confirmaram que ele não tem dinheiro por lá. “Não sou responsável pelo que terceiros falam, apenas pelos meus atos”, tuitou.