Roma, sua linda! Um guia completo e charmoso da cidade italiana por Joyce Pascowitch

22.07.2019  /  9:00

Roma por Joyce Pascowitch

Texto e fotos Joyce Pascowitch para a revista J.P de julho

Não existe lugar melhor no mundo para ser envolvida, arrebatada, transformada: oh, Roma, como você é linda, gostosa, saborosa e sedutora… Como você consegue ser ensolarada, inebriante, comovente, encantadora? Bem, agora que eu já falei tudo o que queria, vamos ao que interessa: aonde ir, o que fazer, como circular por essa cidade que conseguiu ser traduzida por Federico Fellini e Woody Allen com a mesma intensidade, apesar do olhar totalmente diferente. Se a ideia é ser apenas turista, a cidade é perfeita: seus monumentos, e principalmente as fontes, são prato cheio para qualquer paladar. Se a ideia é não ser turista, basta andar a pé entre estátuas e jardins, portas e portões. Basta se jogar em qualquer restaurante, caro ou barato, famoso ou desconhecido. Basta comprar algumas fatias de presunto, salame e mortadela e mais uma taça de vinho tinto. Em Roma, tudo basta – e esse tudo pode ser bem pouco. Por exemplo, um drinque ao fim da tarde, em qualquer bar lotado. Um pôr do sol que deixa a Piazza di Spagna avermelhada. Aquelas palmeiras altíssimas. Ah, e os romanos…

As delícias de Roma por Joyce Pascowitch

ONDE FICAR

De todos os hotéis que já fiquei em Roma desde que fui pela primeira vez, há bastante tempo, o Eden foi o que mais me acolheu. É o mais sofisticado, porém sem ostentação: apenas chic, muito chic. Nada de grandioso e extremamente bem localizado, na via Ludovisi, ao lado da Villa Borghese. A vista do café da manhã já diz tudo. Os quartos, banheiros, o serviço, o concierge, os porteiros e até o Rolls-Royce do hotel… Ah, tudo lá é tudo. Superlativo dentro da medida. O drinque ao fim da tarde no roof é um capítulo à parte: o sol se pondo sobre os jardins da Villa Borghese… Quem vai querer ir embora de Roma? Eu, com certeza, não.

Motivos que me fazem querer sempre voltar a essa cidade que considero a mais encantada do mundo:

A luz
A Fontana delle Tartarughe
O bairro de Giudecca
A Piazza di Spagna vazia
A Piazza Navona de qualquer jeito
A Fontana di Trevi tarde da noite
A livraria Feltrinelli
O restaurante Nino
A via Margutta
Os sorvetinhos do Ciampini
O bairro de Campo de’ Fiori
As portas de madeira
Os pátios
Os romanos
O Campari e negroni ao fim da tarde
As lojas da via del Babuino
O restaurante Piperno
As alcachofras
A casa de chá Babingtons