23.02.2021  /  12:45

Rita Guedes fala sobre personagem em ‘Arcanjo Renegado’ e relação com a política: “Hoje as pessoas falam de política em qualquer lugar”

Rita Guedes em ‘Arcanjo Renegado’ / Crédito: Globo Imprensa

Rita Guedes andou sumida das telas, mas em ‘Arcanjo Renegado’, lançado originalmente em fevereiro de 2020 no Globoplay e atualmente na TV aberta, a atriz voltou com tudo à telinha. Depois de 10 anos morando em Los Angeles, onde estudou cinema, Rita interpreta a polêmica Manuela Berenguer, deputada que tem planos ambiciosos para a sua carreira.

A atriz aproveitou para contar detalhes sobre a personagem, que é casada com um cônsul francês e faz de tudo para garantir a permanência na Presidência da Alerj, a Assembleia Legislativa do Estado.

Como foi para você receber a notícia de que “Arcanjo Renegado’ seria exibida na TV aberta?
Rita Guedes: Fiquei feliz porque a série é muito boa. Foi um sucesso no streaming, e agora na TV um número maior de pessoas poderá assistir. Isso é gratificante. E também estar no ar, quase que simultaneamente com personagens distintos, como a Doralice de “Flor do Caribe”, é uma delícia.

Qual o diferencial da série? Que elementos e temáticas fazem de ‘Arcanjo’ um produto especial?
Rita Guedes: A série fala de universos que geram um certo mistério e muita curiosidade. Os bastidores da política, o trabalho dos policiais nas comunidades, as batalhas internas de cada um desses personagens, além de muita adrenalina. A política nunca foi tão discutida como agora. As pessoas falam de política hoje em dia em qualquer lugar, seja nas redes sociais ou em um bar com amigos. Até quem não gostava de política, começou a observar as movimentações com mais interesse.

Como foi o trabalho de composição para viver essa personagem?
Rita Guedes: A Manuela é uma mulher forte e independente. Ela é muito sagaz e sabe fazer bem o jogo político. Ela é honesta e briga firme e corajosamente por aquilo que acredita. Sendo mulher dentro de um universo majoritariamente masculino, consegue o respeito até de seus adversários políticos. Fiz laboratório na própria Alerj. Cheguei a participar de uma sessão onde se discutia uma pauta com público e parlamentares presentes. Cheguei lá com uma lista de perguntas para os parlamentares e observei toda a movimentação por lá.

É a primeira vez também que você trabalha num projeto com o José Junior. Como foi esse encontro?
Rita Guedes:
Eu estava em Los Angeles quando Raoni Seixas (produtor de elenco da série) entrou em contato comigo e me enviou os episódios de “Arcanjo Renegado”. Comecei a ler e não consegui parar até que terminasse todos os episódios. Fiquei maravilhada com a construção do roteiro e com a maneira como aqueles temas estavam sendo abordados. Cheguei ao Rio e fiz um teste com o Heitor Dhalia, diretor, e com o José Júnior.  Sempre admirei o trabalho de ambos.

A série é bastante realista e aborda muitas ações recorrentes nas comunidades do Rio e nos bastidores da política. Você teve alguma inspiração para ajudar a compor o perfil da Manuela?
Rita Guedes: Existem mulheres que têm ou tiveram uma história de coragem e luta como a Denise Frossard, Marielle Franco, Tábata Amaral, Martha Rocha, Jacinda Arden e muitas outras. Mulheres que desbravaram caminhos que eram difíceis e até perigosos, mas com obstinação e coragem alcançaram grandes conquistas. Eu também venho de uma linhagem de mulheres fortes na minha família, desde minha avó, que foi uma mulher muito guerreira e corajosa.

Você está sempre em forma e é adepta de um estilo saudável de vida. Como é a sua rotina de exercícios e de hábitos alimentares?
Rita Guedes:
Sempre gostei de me cuidar com escolhas saudáveis. Analiso muito cada produto que vou ingerir. Meu foco é minha saúde, depois a estética. Mas confesso que tenho uma genética boa. Faço exercícios 3 x por semana, aeróbico ao ar livre, ouvindo um som e pensando na vida. É minha higiene mental esse contato com a natureza. Também pratico ioga há muitos anos. Com a alimentação, também tenho uma dieta regrada. Não como doces de jeito nenhum. Frituras, enlatados, refrigerantes também estão fora do meu cardápio. Costumo manter uma alimentação de 3 em 3 horas em pequenas quantidades e tomo muita água ao longo do dia. Adoro meus chás e inventar sucos gostosos.

Como e onde passou esse período de pandemia?
Rita Guedes: Fiquei 10 anos morando em L.A e voltei em definitivo para o Brasil no final de 2018. Estava em cartaz com a peça de teatro “Uma Relação Tão Delicada” no Rio, quando a pandemia começou. Tive que parar a temporada, e estamos aguardando para retomar o trabalho e viajar para algumas cidades pelo Brasil. Durante a pandemia, voltei a escrever um roteiro que tinha deixado pela metade, li muito, assisti à várias séries. E fiquei bastante tempo com meus pais em Catanduva, minha cidade natal, no interior de SP. Adotei uma cachorrinha que foi abandonada com menos de 1 mês na rua e a batizei de Masha. Também aprendi a cozinhar algumas coisas, apesar de não ser meu forte. Agora estou me preparando para gravar a segunda temporada de ‘Arcanjo Renegado’.