19.09.2013  /  14:15

RIR: Ney Matogrosso comenta postura de Caetano de ‘não abrir pra gringo’

Ney Matogrosso participou deste Rock in Rio – no tributo a Cazuza, essa sexta-feira – e da edição de 1985. Mesmo assim, não tira a razão de Caetano Veloso, que não aceita tocar no festival por “não abrir pra gringo”. “Pra mim, me apresentar na homenagem ao Cazuza foi um prazer. Só amigos envolvidos… E eu cantei apenas três músicas. Mas em 1985 foi um problema sério! O som dos shows brasileiros era muito deficiente e o dos estrangeiros, maravilhoso. Dessa vez foi só uma participação, não sei dizer, mas espero que isso tenha mudado, que todos sejam olhados com igualdade. Se eles são importantes lá fora, nós somos aqui.”

* Ney também comentou sobre o musical que está sendo preparado, baseado na carreira do autor de “O Tempo Não Para”. “Eu pedi para ler o texto da peça, mas sem nenhuma intenção de censurar nada. Pelo contrário: dei umas dicas para o escritor. Só queria entender de que maneira eu estou inserido dentro da história. Nem sei quem vai fazer o meu papel. Isso não me compete.”