17.09.2020  /  18:34

Riccardo Tisci leva a Burberry para a floresta na semana de moda de Londres e decreta: “Azul é o novo bege”

Foi dada a largada para a semana de moda de Londres, em um mix de apresentações presenciais e virtuais por conta do coronavírus. No caso da Burberry, que rolou nessa quinta-feira, Riccardo Tisci, diretor criativo da marca, optou por um desfile sem platéia, em uma floresta próxima à capital inglesa, com modelos, entre elas, Lea T, Raica, Joan Smalls e Mariacarla Boscono, mostrando a coleção Primavera-Verão 2021 com transmissão ao vivo em meio a árvores e natureza. Com uma performance soturna, criada pela artista Anne Imhof, a referência de Tisci não foi menos estranha: “uma história de amor entre uma sereia e um tubarão”, uma metáfora para os acontecimentos dos últimos sete meses, que reflete a solidão e a sede de liberdade que todos experimentaram na quarentena. As câmeras também capturaram os modelos se vestindo dentro de caixas claustrofóbicas antes que pudessem escapar para a liberdade da floresta. Outras inspirações vieram dos filmes ‘Jogos Vorazes’ e ‘Homens de Preto’, e do game ‘Battle Royale’. Antes do início do desfile, porém, houve um aquecimento com as participações das cantoras Erykah Badu e Rosalía, da modelo Bella Hadid e do cantor Steve Lacy.

Voltando à passarela natural da Burberry, silhuetas peplum, vestidos brilhantes com capas como conchas e gabardines unidos a outras roupas, além de peças de baixo e macacão, tops presos em meia arrastão ornamentada, em um encontro mais natural entre os elementos “clássicos” e “de rua”. “Azul é o novo bege”, profetiza Tisci.

Play pra conferir alguns trechos do desfile da Burberry: