29.11.2018  /  13:32

Reynaldo Gianecchini desmente “boatos” de paternidade e fala de seu personagem na próxima novela das 9

Reynaldo Gianecchini no BrazilFoundation Gala São Paulo, na noite dessa quarta-feira, na Casa Fasano || Créditos: Paulo Freitas

O ano sabático que Reynaldo Gianecchini, 46, tirou para viajar pelo mundo está chegando ao fim (nesse período, a única exceção feita pelo ator foi encenar na peça “Os Guardas de Taj”, que ficou em cartaz entre os dias 13 de janeiro e 1º de abril, em São Paulo, e depois ganhou curta temporada em Portugal). O ator está em São Paulo onde foi o mestre de cerimônia do BrazilFoundation Gala São Paulo nessa quarta-feira. Com seu charme e discurso engajado, ajudou a ONG  a levantar R$ 800 mil em uma noite.

Em entrevista ao Glamurama, o ator conta que vai dar seu último pivô em Portugal, lugar que serviu de base para suas andanças pelo mundo, antes de retornar de vez ao Brasil e encarar dois projetos especiais para 2019: a inauguração de sua ONG e sua volta às novelas em “Dias Felizes”, trama  escrita por Walcyr Carrasco e dirigida por Amora Mautner, que estreia na faixa das 9 no lugar de “O Sétimo Guardião”.

CAUSA SOCIAL 

Créditos: Lu Prezia/Divulgação

“Não dá pra gente pensar na harmonia, se o todo não está harmônico. Se tem gente tão necessitada, temos que nos mobilizar para ajudar, senão nunca vamos chegar a lugar nenhum”, falou ele em discurso durante o gala que reuniu poderosos na Casa Fasano. E o ator também vai arregaçar suas mangas. Em janeiro Giane inaugura sua instituição, o Centro de Apoio Professor Reynaldo Gianecchini (CAPRG), nome dado em homenagem ao pai. A sede da ONG ficará em Birigui, cidade onde nasceu no interior de São Paulo. Ela entidade vai ocupar um espaço que já existia e ainda um centro construído do zero por Gianecchini.

“Um sonho meu de anos que agora vou realizar. Estou precisando de parcerias porque estou fazendo tudo meio que sozinho”, conta o ator ao Glamurama. “Nosso foco na ONG são crianças e adolescentes. O país está na mão dessa garotada jovem e a gente precisa dar um futuro para eles, principalmente em cidades do interior, que são muito carentes de informação, carentes de tudo. Sinto que é um dever meu lutar por isso no mundo, não só no Brasil, mas vou começar na minha cidadezinha.”

DE VOLTA COM TUDO  

Ensaio da pea “Os Guardas do Taj” de Rajiv Joseph, protagonizada por Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi || Créditos: Luis Vieira/Lusa

Em 2019, o ator volta à cena com tudo. Retoma a peça “Os Guardas de Taj” com temporada popular que fica em cartaz entre os meses de janeiro e fevereiro, em São Paulo, no teatro Sérgio Cardoso. Ao mesmo tempo, dá início aos ensaios para seu novo personagem na TV – ele vai fazer par romântico com Juliana Paes em “Dias Felizes”, próxima novela das 9 escrita por Walcyr Carrasco e dirigida por Amora Mautner, que substituirá “O Sétimo Guardião” em 2019.

“Walcyr [Carrasco] me surpreende muito, como ele é criativo… Li a sinopse e falei, caramba! Essa novela tem muitos personagens interessantes, com histórias nada óbvias, como o meu papel. Não sei muito sobre ele, mas adianto que não será nada óbvio, não sei nem se é mocinho, se é bandido…(risos) Mas já aviso: as pessoas vão se surpreender porque todo mundo da trama tem seus deslizes”, adianta. Um possível triângulo amoroso à vista? Gianecchini, Juliana e… Paolla Oliveira… Aguarde mais detalhes!

PAPAI? AINDA NÃO… 
Gianecchini foi alvo recentemente de uma das maiores ‘fake news’ do ano. Sabe aquele papo confirmado por muitos veículos de que o ator seria pai de um bebê que estaria sendo gerado por uma barriga de aluguel, que inclusive era uma grande amiga sua? “Não tem nada de verdade aí”, garante ele. “Isso é 100% fake news. Uma pessoa inventa uma notícia, todo mundo copia e é dada como certa. Saiu em todos os sites, até eu comecei a acreditar! (risos) Nunca confirmei nada até porque é mentira, não tem nem um fundo de verdade aí.”

Sobre a tal Camila Rodrigues que disseram que seria sua barriga de aluguel, ele diz: “Não conheço essa menina. Ela até entrou em contato com minha assessoria muito chateada, achando que tinha sido eu quem tinha plantado essa notícia. Ela é casada! As pessoas têm que tomar cuidado com o que dizem, é uma responsabilidade muito grande dar uma notícia como essa.” O boato ganhou uma proporção tão grande que, ao pesquisar no Google, seu nome seguido da palavra pai está estre as cinco maiores buscas. Até o portal de Ana Maria Braga, sua colega de emissora, reportou.
Gianecchini pai? Não dessa vez… (Por Julia Moura)