12.12.2017  /  12:19

Resort de Richard Branson destruído pelo furacão Irma já tem data para reabrir

O bilionário Richard Branson em seu resort destruída pelo furacão Irma || Créditos: Divulgação

A ilha privada do magnata britânico Richard Branson, fundador do grupo Virgin, sofreu graves danos com a passagem do furacão Irma, mas já está sendo reerguida. Batizado Necker, o paraíso particular faz parte do arquipélago das Ilhas Virgens Britânicas e abriga um resort de luxo, com operação controlada por Branson, que estará fechado para a temporada de Natal e Ano Novo. A previsão de abertura parcial está marcada só para para outubro do ano que vem.

Destino concorrido de turismo de luxo, a ilha está fechada desde setembro, quando o furacão Irma destruiu a maior parte das construções e da vegetação local. Na ocasião, o empresário compartilhou imagens da destruição causada pelo fenômeno natural. Antes de Irma, o pacote de uma semana no resort para duas pessoas saia por US$ 30 mil (R$ 99,5 mil). O site do resort continua no ar, mas todas as datas de reservas ainda estão bloqueadas.

O empresário escreveu um relato no site oficial da empresa durante estadia em Porto Rico, território americano no Oceano Atlântico, para onde se mudou com o objetivo de mobilizar esforços para a criação de planos de reconstrução das Ilhas Virgens Britânicas e do Caribe.