06.07.2015  /  15:46

Refrão pró-Aécio entoado na convenção do PSDB causa ciumeira

O presidente nacional do PSD, Aécio Neves e o governador Geraldo Alckmin || Créditos: Agência Brasil
O presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin || Créditos: Agência Brasil

A convenção do PSDB neste domingo, em Brasília – que elegeu Aécio Neves o presidente nacional da legenda por mais um mandato -, teve um momento saia-justa. Depois de seu discurso, o governador de Goiás, Marconi Perillo, chamou no telão uma homenagem a Cristiano Araujo, morto recentemente em acidente de carro. Foi então veiculado o trecho interpretado pelo sertanejo goiano do jingle gravado por vários artistas para a campanha de Aécio Neves para Presidente da República no ano passado. Quando terminou o som, continuaram cantando o refrão “Agora é Aécio”. Consta que Geraldo Alckmin fez cara de poucos amigos… Os dois disputam desde já para ser o candidato do PSDB à presidência da República em 2018. (Por Paula Bonelli)