14.03.2019  /  8:12

Recém-anunciado, musical baseado nos hits de Britney Spears pode se tornar alvo de ação por plágio

Britney Spears || Créditos: Getty Images

O musical inspirado nas canções mais famosas de Britney Spears que acaba de ser anunciado nos Estados Unidos já é alvo de uma grande polêmica. Intitulada “Once Upon a One More Time” e com première marcada para setembro no teatro James M. Nederlander de Chicago, e portanto antes de entrar em cartaz na Broadway no fim do ano (no teatro Great White Way), a montagem vai misturar histórias de contos de fadas com um discurso feminista, e tudo isso ao som de alguns dos maiores hits da eterna princesinha do pop.

Acontece que a trama soa bastante familiar com uma peça que as comediantes americanas Laura Lane e Ellen Haun escreveram há vários anos, a “Femme Fairy Tales”, que mostra as icônicas Cinderella, Rapunzel, Branca de Neve e Bela Adormecia em versões empoderadas e chegou a ser encenada durante mais de um ano nos palcos de Nova York.

No momento, a dupla estuda se é o caso de entrar com uma ação judicial por plágio contra os responsáveis pela montagem baseada nos singles de Spears, uma turma que envolve poderosos como o diretor teatral Kristin Hanggi, que coleciona indicações ao Tony (o Oscar do teatro americano). A outra opção seria se associar a eles de alguma forma e, quem sabe, pegar carona na provável alta popularidade da produção, que deixou os fãs da cantora contando os minutos desde que foi revelada. (Por Anderson Antunes)