Rainha morta, William rei e Harry plebeu: nova série da BBC promete

18.11.2016  /  18:35

Atores da peça inglesa de 2014 (no topo), e a família real || Créditos: Getty Images
Atores da peça inglesa de 2014 (no topo), e a família real || Créditos: Getty Images

A próxima minissérie da rede de televisão britânica BBC, que promete dar o que falar quando for ao ar, começou a ser gravada em Londres nesta semana. A atração é baseada na peça “King Charles III”, do dramaturgo inglês Mike Bartlett, sobre a ascensão fictícia do príncipe Charles ao trono após a morte da mãe dele, a rainha Elizabeth II. Repleta de polêmicas, a peça começa mostrando Charles sendo forçado por um primeiro-ministro a assinar uma emenda que limitaria os poderes da imprensa no Reino Unido ao mesmo tempo em que precisa cuidar dos detalhes sobre o funeral da monarca.

Em sua história, Bartlett ainda mostra o príncipe Harry se apaixonando por uma garota plebeia que é contra a monarquia e se torna alvo dos tabloides após protagonizar um escândalo sexual, e o irmão dele, o príncipe William, atuando como apaziguador dos ânimos familiares, o que eventualmente será visto pelo público como uma atitude
de liderança em detrimento dos poderes recém-recebidos pelo pai dele.

Lançada em 2014 no West End de Londres, e no ano seguinte na Broadway, a peça termina com Charles abdicando ao trono em favor de William, que é coroado rei junto com Kate Middleton, e Harry renunciando ao status de príncipe para se casar com sua namorada republicana. A adaptação da BBC vai seguir à risca o enredo imaginado
por Bartlett, e deverá estrear em meados de 2017. (Por Anderson Antunes)