26.07.2020  /  8:40

Querida da vovó, a arte de bordar voltou com tudo e Glamurama mostra quem dá show com agulha e linha na mão

Bordar está na moda || Créditos: Reprodução

Bastidor, corte de tecido de algodão cru, agulhas número 7, tesoura, linhas de meada, fita crepe, carbono e lápis. É isso que você precisa para começar a bordar, além de paciência, claro! E essa arte, que está na nossa memória afetiva principalmente nas relações com as avós, voltou com tudo durante esta quarentena. Com mais tempo livre e, ao mesmo tempo, mais estresse, foi preciso encontrar formas de relaxar e de complementar a renda. Não se sabe como, mas essa arte foi uma das formas encontradas para ajudar neste momento e o pessoal por aí tem dado show. Glamurama, que adora gente talentosa, selecionou alguns artistas. Tem a jovem artista visual Mayara Silva que ganhou até um repost de Antonio Fagundes até Juliana Suassuna, diretora de moda da Osklen, que também tem se aventurado nos bordados. Vem ver!

𝙼ayara Silva – artista visual, arte-educadora e bordadeira autodidata.

Brisa – Colagem manual & bordado por Bruno Siqueira

Juliana Suassuna – diretora de moda na Osklen

Doquinha – bordados 100% feitos à mão; produtos afetivos e artesanais, feitos por Mariana

Alma Salgada – casal de artistas plásticos e muralistas do Rio de Janeiro, Camila e Japia

Claudia Pulido – diretamente de Sant Louis para inspirar

Reginaluz Vitória – Bordadeira / Minha Espada,minha agulha / Mãos à Linha / Rabo de sereia / Coração de oxum
Cabeça de Rainha / Asa de passarinha

Bordando Sentimentos – transbordando sentimentos através do bordado livre por Deborah Simone

Clube do Bordado – Bordado contemporâneo e projetos que promovem a cultura do feito à mão