24.06.2018  /  9:00

Quer fazer um tour pela Itália inspirado em “Me Chame Pelo Seu Nome”? Por R$ 8,6 mil é possível!

Elio (Chalamet) e Oliver (Hammer) || Créditos: Reprodução

Rodado em 2016 no norte da Itália com um orçamento modesto de US$ 3,5 milhões (R$ 13,1 milhões), o drama “Me Chame Pelo Seu Nome” acabou faturando mais de US$ 41,2 milhões (R$ 154,8 milhões) nas bilheterias internacionais e se transformou em um dos queridinhos da última temporada de premiações do cinema nos Estados Unidos, com três indicações ao Oscar e levando para casa a estatueta de Melhor Roteiro Adaptado.

O romance fictício dos dois rendeu um Oscar || Créditos: Reprodução

E o sucesso da produção estrelada pelo “it boy” Timothée Chalamet agora promete impactar positivamente até o mercado de turismo italiano, já que um tour romântico pelas locações frequentadas pelo elenco do filme, e no melhor clima “gay friendly”, está sendo oferecido por uma empresa de Crema, na província de Cremona, e promete desde já se tornar uma das grandes pedidas do próximo verão europeu.

Um dos pontos altos é a parada na gruta de Catullus em Sirmione na região do lago Garda || Créditos: Reprodução

Com duração de nove dias e oito noites, o passeio temático inclui passagens por alguns dos hotspots onde Elio, o personagem de Chalamet, vive cenas de amor com Oliver, interpretado por Armie Hammer, como a gruta de Catullus em Sirmione na região do lago Garda. Há ainda paradas nos lagos Ricengo, Pandino e Capralba, todas locações de tirar o fôlego

Milão, onde o “gênio gay” Da Vinci morou, também está no roteiro || Créditos: Reprodução

Um dos pontos altos da experiência é o pit-stop em Milão, com direito a hospedagem no bairro tido como o mais “gay” da cidade – o Porto Venezia – e caminhada pela “trilha Leonardo Da Vinci”, batizada assim em homenagem ao artista, que viveu lá entre 1482 e 1499. Neste caso, um guia turístico assume o comando e conta algumas curiosidades sobre o “gênio gay”, cuja sexualidade sempre foi tema controverso.

Pra fechar, só falta o amor de verão. Mas a paisagem ajuda… || Créditos: Reprodução

O preço de tudo isso? Em torno de US$ 2,3 mil (R$ 8.643), bastante justo considerando que inclui acomodações (sem muito luxo, claro), refeições e translados de um ponto a outro dentro da Itália. A única coisa que não está incluída neste valor é um romance à la Elio e Oliver, mas este item não será muito difícil de conseguir se levar em conta as paisagens e o clima da viagem. Partiu? (Por Anderson Antunes)