21.07.2019  /  9:00

Que tal ficar no hotel onde Agatha Christie escreveu “Morte no Nilo”? Confira os incríveis hotéis históricos do Egito

Hotéis cheios de história – e das mil e uma noites – no Egito // Reprodução

O Egito atrai turistas há quase tanto tempo quanto as pirâmides existem. Viajantes romanos esculpiram em túmulos do Vale dos Reis comentários semelhantes aos que você pode encontrar hoje no Yelp ou no TripAdvisor. “Sempre houve um enorme fluxo de viajantes intrépidos”, diz Andrew Humphreys, autor dos livros “Nilo: Na Era Dourada da Viagem” e “Grandes Hotéis do Egito”. “Mas isso se tornou um fluxo constante logo após a publicação de um trabalho sobre o país preparado por cientistas e artistas que acompanharam a invasão do Egito por Napoleão em 1798. A partir da década de 1880 o número de visitantes aumentou, e o Egito se tornou o destino da moda entre turistas que já havia rodado a Europa e estavam procurando um novo destino chique”.

Uma das consequências desse boom foi o surgimento de hotéis chiques por todo o Nilo, palácios que atendiam aos caprichos e fantasias dos turistas da era vitoriana. “Como apenas os ricos podiam viajar, os hotéis eram quase como clubes privados nos quais pessoas de classe e criação semelhantes se encontravam e socializavam, com o cenário local adicionando um toque de exotismo”, explica Humphreys.

E um bom número de moradias vitorianas e eduardianas sobreviveu até os dias de hoje e estão entre os lugares mais românticos e interessantes para se hospedar em todo o Egito. Confira alguns dos hotéis históricos mais incríveis do país:

Mena House: vista para as Pirâmides de Gizé // Reprodução

Mena House (em Gizé)
Nenhum hotel em todo o planeta possui uma localização mais extraordinária, ao lado das Pirâmides de Gizé, com muitos dos quartos com vista para a única das Sete Maravilhas do Mundo antigo que ainda restam no planeta. Originalmente construído como uma loja de caça real para Khedive Ismail do Egito, foi transformado em hotel por um casal inglês. Inaugurado em 1886, o Mena House hospedou inúmeros membros da realeza britânica e muitas celebs, desde o escritor de Sherlock Holmes, Arthur Conan Doyle, até Charlie Chaplin e Frank Sinatra.
Convenientemente próximo às pirâmides e o novíssimo Grand Egyptian Museum, o Mena House passou por grandes reformas desde que a rede Marriott assumiu a gestão em 2015. Marriott Mena House, 6 Pirâmides Road Gizé, Província de Gizé 12556, Egito; +20 2 33773222

Palácio de Inverno em Luxor // Reprodução

Winter Palace (em Luxor)
Localizado na avenida Corniche na margem leste do rio Nilo, o Winter Palace é conhecido como o local onde Agatha Christie escreveu “Morte no Nilo” no final dos anos 1930 e o local onde a descoberta do Túmulo do Rei Tut foi revelada ao mundo em 1922. Concebido e decorado para se assemelhar a um palácio francês ou italiano do início do século XX, o hotel mantém sua aura majestosa – grandes corredores e salas de estar arejadas, jardins tropicais exuberantes e restaurantes gourmet. Atualmente administrado pelo grupo francês Sofitel, o Winter Palace fica a uma curta distância a pé do Templo de Luxor e do Museu de Luxor, e bem próximo do Templo de Karnak e o Vale dos Reis. Sofitel Winter Palace Luxor, Rua Corniche el Nile, 11 432, Luxor, Egito; +20 952380422

Cecil Ho0tel em Alexandria // Reprodução

Cecil Hotel (em Alexandria)
Na época em que Lawrence Durrell publicou “The Alexandria Quartet” na década de 1950, o Cecil já era destaque na orla da cidade. Inaugurado em 1929 por uma família judia franco-egípcia, o Cecil é onde pessoas como a cantora Josephine Baker, o escultor Henry Moore e o autor W. Somerset Maugham se hospedaram em suas passagem por Alexandria. Durante a Segunda Guerra Mundial, o Serviço Secreto Britânico coordenou um espião anti-nazista de uma suíte no Cecil. É lá que fica o luxuoso Bar Monty. Desde 2014, o Cecil Hotel é administrado pela luxuosa rede alemã Steigenberger Hotels & Resorts. Steigenberger Cecil Alexandria, 16 Praça Saad Zaghloul, Corniche Road, Qesm Al Attarin, Província de Alexandria, Egito; +20 3 4877173

Old Caract em Aswan // Reprodução

Old Cataract (em Aswan)
Um dos hoteis mais românticos do Egito, o Old Cataract fica em Aswan, nos penhascos rochosos acima do Nilo. O prédio cor de ferrugem tem vista para a Ilha Elefantina e um fluxo constante de barcos a vela passando pelo rio – melhor vista enquanto saboreia drinks ou chá da tarde no terraço. Com um mix de estilos do Oriente Médio e Norte da África, o Old Cataract ostenta arcos mouros, tapetes persas, janelas mashrabiya, massagem núbia no luxuoso spa e uma piscina cobertade tirar o fôlego. De Lady Di a Rainha Noor da Jordânia, vários membros da realeza moderna já se hospedaram lá.  Sofitel Legend Old Cataract, Rua Abtal Al Tahrir, 81511 Aswan; +20 97 2391600

Villa Belle Epoque no Cairo // Reprodução

Villa Belle Epoque (no Cairo)
Apesar de ser o primeiro hotel boutique do Egito, o Villa Belle Epoque tem linhas arquitetônicas que remetem a 1920, quando foi construído como uma residência privada em um bairro novo e elegante chamado Maadi. Localizado a cerca de meia hora da Praça Tahrir e cercado de lojas, restaurante e bares bacanas. Villa Belle Epoque, D.B Villa, Estrada 13, 63, Cairo; +20 2 23580265

Cairo Palace na capital egípcia // Reprodução

Cairo Palace (no Cairo)
Embora agora seja o Cairo Marriott Hotel & Cassino Omar Khayyam, as pessoas continuam se referindo este elegante hotel à beira do Nilo pelo seu antigo nome, o Cairo Palace. Palácio real inaugurado em 1869 na Ilha Zamalek a pedido de Khedive Ismail, como uma casa de hóspedes para dignitários presentes na abertura do Canal de Suez naquele ano. Projetado por arquitetos alemães e austríacos, o hotel oferece uma mistura eclética de arcos mouriscos e móveis em estilo francês do império. De festas de aniversário a banquetes de casamento, muitos eventos reais aconteceram lá ao longo dos anos, até o início dos anos 1960, quando a propriedade foi tomada pelo governo do presidente Nasser e transformada em hotel. A Marriott Corp administra o palácio desde os anos 70. Cairo Marriott Hotel & Cassino Omar Khayyam, 16 Rua Saray El Gezira, Zamalek, Cairo 11211; +20 2 27283000