17.03.2016  /  16:27

PT e movimentos sociais cobram de Alckmin segurança na Paulista

AA_17032016_232990
Nomeação de Lula para Casa Civil levou a protestos espontâneos na avenida Paulista|| Getty Images

Dirigentes do PT, MST e CUT terão nesta quinta-feira uma reunião com o secretário de Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes (PSDB) para discutir o esquema de policiamento na Avenida Paulista nos protestos de sexta-feira. Está confirmada a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no ato. Diante do estado geral de acirramento de ânimos no país, os petistas temem haver episódios de violência. O presidente do PT de São Paulo, Emídio de Souza, afirmou que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) deve adotar a mesma postura do último domingo, quando proibiu acesso de grupos a favor do governo e do PT nos atos que defenderam o impeachment da presidente Dilma Rousseff. (Por Malu Delgado)