18.11.2009  /  12:30

A Villa Leopolda, que pertence à brasileira Lily Safra, não é mais a mansão mais cara do mundo.

A casa que, até recentemente, era a mais cara do mundo, já não ostenta mais esse título. A propriedade em questão é a Villa Leopolda, que pertence à brasileira Lily Safra e está localizada na cidade francesa de Villefranche-sur-mer. Avaliada em US$ 750 milhões, a mansão de 11 suítes e 14 banheiros é rodeada por um jardim com mais de 80 mil oliveiras, que exige o trabalho diário de um time de 50 jardineiros profissionais.

* No início do ano, Lily havia vendido a residência para o bilionário russo Mikhail Prokhorov, que pagou um adiantamento de US$ 55 milhões. Semanas depois do negócio, ele desistiu da compra. Lily não devolveu o dinheiro, alegando quebra de contrato, e hoje a Leopolda pode ser adquirida pela "bagatela" de US$ 102 milhões.

* O recanto particular da viúva de Edmond Safra, que já pertenceu a Gianni Agnelli, ocupa atualmente a quarta posição no ranking das casas mais caras do mundo, perdendo para a britânica Updown Court, que vale US$ 117 milhões, e para as americanas Fleur de Lys, cotada em US$ 125 milhões, e Spelling Manor, cujo valor é US$ 150 milhões.

Lily Safra e a La Leopolda: alguém se interessa?