15.06.2016  /  20:17

Projeto #OiCharlotte pretende mudar hábitos infantis – e você pode ajudar

Com 31% do crowdfunding atingido para o projeto da animação, o objetivo é levar os livros da Charlotte até escolas públicas  || Créditos: Divulgação
Com 31% do crowdfunding atingido para o projeto da animação, o objetivo é levar os livros da Charlotte até escolas públicas || Crédito: Divulgação

Depois de escrever o livro “Só não vê quem quer” – nascido de longa conversa com a filha Charlotte, que não compreendia diversos problemas e injustiças ao seu redor – e receber convites para discutir o tema do projeto #OiCharlotte, inspirado no livro e que propõe pequenas mudanças de atitude para melhorar o dia a dia das pessoas, a ilustradora, autora e artista plástica Vivian Suppa decidiu ir além e transformar o projeto em algo maior. E por que não uma animação, já que crianças adoram desenhos animados? A ideia é tornar Charlotte uma embaixadora das boas atitudes e inspirar grandes públicos por aí. Mas para sair do papel, a ideia precisa de recursos financeiros.

Pra isso, foi formada uma parceria com o site de crowdfunding Cartase.me para o lançamento de um desafio na web: arrecadar R$ 69 mil para viabilizar a produção da animação. A meta precisa ser atingida até o fim do dia 16 de julho e, como em todo crowdfunding, quem ajudar receberá recompensas exclusivas. Entre os mimos da Charlotte estão: livros autografados, palestras com a Suppa, quadros originais assinados e gravuras da Charlotte, entre outros. Com uma ideia tão legal, fica impossível não querer ajudar.

Em apenas 23 dias, já foram atingidos 31% do valor esperado, e por isso, dentro da campanha no Catarse, surgiu o movimento “Faça a Charlotte chegar nas Escolas”. Quem contribuir para esta campanha estará doando livros da Charlotte para escolas públicas. A doação pode ser individual (a pessoa contribui, ganha um livro e outro é enviado para uma escola) ou coletiva, por empresas de todo porte: neste caso são 120 livros doados, além de oficinas da Suppa para as crianças e uma projeção especial nas escolas quando o primeiro desenho da Charlotte estiver pronto. Ficou interessado, glamurette? É só clicar aqui e fazer a sua doação. Glamurama apoia!