13.02.2018  /  9:00

Professor francês está processando o Facebook por causa de “nude” de 152 anos

O quadro “L’Origine du Monde”, de Gustave Courbet || Créditos: Reprodução

Pintado pelo francês Gustave Courbet, em 1866, o quadro “L’Origine du Monde” (“A Origem do Mundo”), que retrata uma vagina e é considerado um dos mais provocativos de todos os tempos, é também um dos mais fotografados do Musée d’Orsay, em Paris, onde está exposto desde 1995. Mas aparentemente o óleo sobre tela centenário não é digno de ser reproduzido no Facebook, apesar de ser uma obra-prima.

Pelo menos de acordo com o professor francês Frédéric Durand, que publicou uma foto do quadro na rede social em fevereiro de 2011 e acabou tendo sua conta suspensa “sem aviso prévio nem justificativa”, conforme ele depôs às autoridades da França, onde processa a empresa por censura.

Além de pedir na justiça que seu perfil seja reativado imediatamente, Durand também exige uma indenização de € 20 mil (R$ 80 mil) por danos morais. Em uma audiência na última semana, os advogados do Facebook negaram as acusações e afirmaram ainda que Durand não apresentou provas suficientes para reforçar sua versão dos fatos e que contas bloqueadas por mais de 90 dias são automaticamente deletadas para sempre.

Além disso, o time de defensores do Face alegou que as regras atuais permitem postagens de fotos de pinturas, esculturas e outras obras de arte que ilustram personagens nus, e que foram introduzidas há pouco tempo. O processo de Durand, que está sendo acompanhado de perto pela mídia francesa, terá um novo capítulo em 15 de março, a data da decisão final da justiça. (Por Anderson Antunes)