Processo de divórcio de Melinda e Bill Gates foi oficialmente finalizado nessa segunda-feira

3 Compartilhamentos
3
0
0
0
0
0
Melinda e Bill Gates || Créditos: Getty Imagens

Extra! O processo de divórcio de Melinda e Bill Gates foi oficialmente finalizado nessa segunda-feira, de acordo com uma ação arquivada em um tribunal de Kings County, nos arredores de Washington, onde o ex-casal mantinha residência fixa. Os detalhes disponibilizados sobre a partilha de bens são poucos, mas sabe-se que nenhum dos dois vai receber pensão alimentícia e que ambos continuarão criando os três filhos que tiveram juntos “em harmonia”.

No que diz respeito ao que todo mundo quer saber: se Melinda (que vai continuar usando o sobrenome do cofundador da Microsoft junto com o seu de solteira, passando a assinar Melinda French Gates) vai ficar com metade da fortuna dele, a resposta, ao menos por enquanto, é não. Eles, inclusive, assumiram que vão pagar juntos o restante das hipotecas dos imóveis que têm, estimados em mais de US$ 500 milhões em valores de mercado, de formas iguais.

Melinda, no entanto, não vai ter nenhum motivo para se preocupar daqui pra frente, já que até agora recebeu mais de US$ 3,3 bilhões em ações das empresas nas quais Gates investe por meio de seu family office, o Cascade Investments. E tampouco o bilionário deu sinais até agora de que perdera seu título como o quarto homem mais rico do mundo, com fortuna de US$ 131,8 bilhões. Aliás, quando (e se isso acontecer), será mais por “culpa” de Mark Zuckerberg do que de Melinda: o cofundador do Facebook está há dias se aproximando do patrimônio do colega a um posto acima do seus nas listas de bilionário, com seus US$ 126,1 bilhões.