Priyanka Chopra
Priyanka Chopra || Créditos: Reprodução

Priyanka Chopra revela em livro que foi vítima de assédio e de racismo no começo da carreira

20 Compartilhamentos
20
0
0
0
0
0
Priyanka Chopra
Priyanka Chopra || Créditos: Reprodução

Considerada uma das mulheres mais bonitas do mundo, Priyanka Chopra já ouviu conselhos de que deveria recorrer às cirurgias plásticas para melhorar a aparência. Em um livro de memórias que acabou de lançar, intitulado “Unfinished” (algo como “Imcompleta”), a estrela indiana de 38 anos revelou que pouco tempo depois de ter vencido o Miss World, em 2000, um agente de Bollywood a incentivou a colocar silicone nos seios e no bumbum e ainda sugeriu mudanças em seu queixo. “Ele disse que eu precisava ‘corrigir’ minhas proporções”, a bela lembrou na obra.

Mais conhecida do grande público por interpretar a personagem Alex Parrish na série “Quantico”, Chopra tinha 18 anos na época que ouviu os comentários, e que ela garante que a deixaram “arrasada”. Casada com Nick Jonas desde 2018 e confirmadíssima no quarto e desde já aguardado episódio da franquia cinematográfica “Matrix”, Chopra logo passou a ser representada por outro profissional, com quem trabalha até hoje e o mesmo que a ajudou a se estabelecer em Hollywood.

Ainda em “Unfinished”, Chopra também revelou que sofreu assédio sexual e que foi vítima de racismo no começo da carreira, o que teria acontecido em um set de filmagens imediatamente abandonado pela atriz. “Hoje eu me olho no espelho e não apenas fico feliz ao ver a imagem refletida como também tenho consciência de que fiz as escolhas certas no passado”, escreveu a embaixadora global do UNICEF pelos direitos civis das crianças. (Por Anderson Antunes)