10.04.2019  /  8:07

Príncipe William ameaça processar revista americana que revelou suposta pulada de cerca dele

Kate Middleton e William || Créditos: Reprodução

Os advogados do príncipe William estão trabalhando mais do que nunca nessa semana. Tudo por conta de uma matéria bombástica publicada pela revista americana “In Touch” na quinta-feira passada, de acordo com a qual o segundo na linha de sucessão ao trono britânico viveu recentemente um affair com Rose Hanbury, bff de Kate Middleton. De família nobre e detentora do título real de Marquesa de Cholmondeley (pronuncia-se Chumley), a sangue azul é vizinha dele e de Middleton em Anmer Hall, a residência dos dois em Norfolk, no interior da Inglaterra, e teria aproveitado os meses em que a duquesa de Cambridge estava ocupada com a gravidez do príncipe Louis para “conhecer melhor” Wills. Em tempo: o principezinho nasceu há cerca de um ano.

Segundo a “In Touch”, Middleton descobriu a suposta pulada de cerca do marido no começo do ano e imediatamente o confrontou sobre o assunto, ao que ele teria respondido aos risos dizendo se tratar de besteira. O clima entre o casal real a partir daí, no entanto, só fez piorar, e por conta disso o neto da rainha Elizabeth II decidiu cobrar explicações da publicação na justiça a fim de tentar melhorar as coisas em casa.

A princípio, William ordenou que seus representantes legais enviassem aos editores da “In Touch” um “cease and desist” (“cessar e desistir”), que nada mais é do que um documento legal contendo um pedido para que uma ação deixe de ser executada – no caso, a manutenção da informação sobre o suposto “algo mais” com Hanury – do contrário o próximo passo seria um encontro nos tribunais. A reação pegou muita gente de surpresa, já que os Windsors preferem não dar trela pra esse tipo de rumor por acreditarem que certas coisas não merecem atenção. O comentário no Reino Unido é que o futuro rei deverá agir cada vez mais dessa forma em relação à imprensa, e o irmão dele, o príncipe Harry, pretende seguir o mesmo caminho. Outros tempos… (Por Anderson Antunes)

Rose Hanbury: ela seria “a outra” || Créditos: Reprodução