11.03.2021  /  9:19

Príncipe William afirma que a família real do Reino Unido ‘não é nem um pouco racista’

O príncipe William
O príncipe William || Créditos: Reprodução

Coube ao príncipe William a constrangedora porém necessária tarefa de informar o mundo que os Windsors “não são nem um pouco racistas”. A declaração aparentemente espontânea foi dada pelo marido de Kate Middleton, e futuro rei da Inglaterra, na manhã dessa quinta-feira, durante um evento beneficente do qual ele participou na região central de Londres, a capital do país, e dois dias depois de sua avó se pronunciar oficialmente sobre o mesmo tema.

Questionado pelos repórteres presentes na ocasião sobre as acusações feitas pela cunhada Meghan Markle na entrevista que ela e o príncipe Harry deram para Oprah Winfrey, de que membros da família real britânica comentavam qual seria a cor da pele do pequeno Archie Harrison antes de seu nascimento, Wills se limitou a dizer o óbvio, segundo a “BBC”.

Mais pra frente, um outro repórter quis saber dele se Harry chegou a procurá-lo depois do bate papo da década. “Ainda não nos falamos, mas vamos nos falar em breve”, respondeu William, que foi descrito como alguém “preso dentro da monarquia” pelo irmão mais novo durante a conversa desse e de sua mulher com Winfrey. Em seguida, o segundo na linha de sucessão ao trono do Reino Unido foi embora, com cara de poucos amigos. (Por Anderson Antunes)