23.07.2020  /  11:58

Príncipe Philip ‘fura’ a quarentena – e a aposentadoria – para transferir título militar para Camilla

O príncipe Philip, duque de Edimburgo || Créditos: Reprodução

Aos 99 anos e aposentado da vida de compromissos oficiais desde 2017, o príncipe Philip fez uma rara aparição pública nessa quarta-feira para transferir uma honraria militar que lhe foi concedida há 67 anos para a nora, a duquesa da Cornuália Camilla Parker-Bowles. Coronel-chefe do Regimento Rifles desde 1953, o marido da rainha Elizabeth II fez questão de participar da cerimônia de transmissão do título realizada em um dos pátios do Castelo de Windsor, onde está em isolamento social com a monarca desde o começo da pandemia.

Philip, mais tratado pelos britânicos por seu pariato oficial de duque de Edimburgo, se tornou coronel-chefe do regimento de elite com a ascensão de Elizabeth II ao trono, conforme manda a tradição, mas decidiu “adiantar” as coisas para a mulher de seu filho mais velho, o príncipe Charles, o que aconteceu tão logo quatro corneteiros militares devidamente distanciados dele soaram a chamada “No More Parades” para marcar o fim de seu ciclo na função.

Elegantemente vestido e caminhando sem auxílio o tempo inteiro, Philip em seguida parabenizou a futura rainha-consorte do Reino Unido, que em uma cerimônia paralela realizada na casa de campo onde cumpre a quarentena com Charles, a Highgrove House, distante cerca de 160 km de Windsor, foi empossada como a nova coronel-chefe dos Rifles. Ao longo de toda sua vida em serviço, o “royal” participou de mais de 22 mil compromissos sozinho, sem precisar estar dois passos atrás da mulher como geralmente era visto. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, um vídeo da cerimônia que marcou a despedida de Philip do comando dos Rifles: