05.12.2020  /  9:00

Príncipe Harry é confundido com vendedor de árvore de Natal e leva o ‘incidente’ na esportiva

Harry e Meghan e o comércio de pinheiros de Montecito no qual os dois deram pivô
Harry e Meghan e o comércio de pinheiros de Montecito no qual os dois deram pivô || Créditos: Reprodução

Tá certo que o príncipe Harry agora é tecnicamente um plebeu, mas daí a confundi-lo com um vendedor de árvores de Natal também é um pouco demais. E o pior é que foi justamente isso que aconteceu com o neto de Elizabeth II dias atrás, quando ele e Meghan Markle foram às compras em busca de um pinheirinho para colocar na sala de seu château de US$ 14,65 milhões (R$ 75,6 milhões) localizado em Montecito, na Califórnia.

Enquanto analisavam as opções disponíveis em um comércio de lá, os dois foram surpreendidos por um garotinho que quis saber se o sexto na linha de sucessão ao trono britânico, e que não o reconheceu, era funcionário do local. Consta que Harry levou tudo na esportiva, e apenas respondeu educamente que não.

Além disso, nem o irmão do príncipe William e muito menos sua mulher pediram que o tal comércio fosse fechado exclusivamente para recebê-los, como fazem algumas celebridades hollywoodianas. E no fim o casal foi embora feliz da vida com um pinheiro perfeito que encontraram e que a essa altura já deve ter sido decorado para o Natal deles, que será o primeiro do ex-royal longe da família real. (Por Anderson Antunes)