06.08.2019  /  11:00

Primeira autora negra a receber o Nobel de Literatura, Toni Morrison morre aos 88 anos nos EUA

Toni Morrison || Créditos: Reprodução

Morreu na segunda-feira, aos 88 anos, a escritora americana Toni Morrison, vencedora do Nobel de Literatura em 1993 pelo primeiro volume da trilogia “Amada”, tornando-se a primeira negra a receber a honraria. A informação foi confirmada nessa terça-feira por amigos dela porém não se sabe ainda a causa e o local da morte. Bastante celebrada nos Estados Unidos e considerada pelo “The New York Times” uma das melhores escritoras dos últimos 25 anos, Morrison publicou sua última obra no fim do ano passado – “Deus Ajude Essa Criança”, que saiu no Brasil pela Companhia das Letras e trata de questões que envolvem sentimentos de prazer, culpa e desejo de punição.

Ícone para muitas feministas, ela não gostava de ver seus livros sendo tratados como uma ode ao feminismo. “Não concordo com o patriarcado, mas também não acho que ele deve ser substituído pelo matriarcado. Defendo o acesso igualitário a tudo para todos”, Morrison disse certa vez. Seu trabalho mais famoso é mesmo o icônico “Amada”, adaptado para a telona em 1998 pela bff Oprah Winfrey, que também estrelou a produção bastante elogiada e indicada a um Oscar (de Melhor Figurino) mas que não repetiu o mesmo sucesso comercial do original. (Por Anderson Antunes)