07.05.2019  /  9:45

Preso desde abril na “Guantánamo britânica”, Julian Assange vai receber a visita de Pamela Anderson nessa terça

Pamela Anderson e Julian Assange || Créditos: Wikimedia Commons

Preso em Londres desde meados do mês passado depois de ser despejado da embaixada do Equador – onde estava exilado desde 2012 e, de acordo com o presidente do país, Lenin Moreno, por ter se comportado como “um hóspede do barulho” -, Julian Assange deverá receber uma visita estrelada nessa terça-feira: Pamela Anderson já está na capital da Inglaterra, para onde voou exclusivamente a fim de ver como está o fundador do Wikileaks, com quem vive uma espécie de amizade colorida.

Oficialmente, no entanto, a eterna estrela de “Baywatch” estará em “missão de paz” como alguém que defende a liberdade de expressão em qualquer circunstância, conforme os amigos dela têm dito para a imprensa britânica. Anderson, aliás, namora há dois anos o jogador de futebol francês Adil Rami, e os dois recentemente se mudaram para uma mansão em Cassis, no sul da França.

Assange está detido na Her Majesty’s Prison Belmarsh, uma prisão de segurança máxima localizada no sudeste de Londres que é conhecida como “a Guantánamo britânica”, em alusão à penitenciária mantida pelos Estados Unidos na costa de Cuba que dispensa apresentação. Quem também já cumprou pena lá foi o jornalista Andrew Coulson, editor do “News of the World”, por causa das escutas telefônicas ilegais orquestradas pelo extinto jornal em meados dos anos 2000. (Por Anderson Antunes)