29.03.2018  /  11:05

Presidente da Academia do Oscar, John Bailey é inocentado em investigação por abuso sexual

John Bailey || Créditos: Getty Images

Acusado recentemente de ter tentado tocar de maneira inapropriada uma mulher em um set de filmagens há cerca de dez anos, o cineasta e diretor de fotografia John Bailey não será afastado de suas funções como presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Bailey, que ocupa o cargo desde agosto do ano passado, já tinha negado qualquer tipo de má conduta quando a história veio à tona duas semanas atrás.

Uma investigação sobre o suposto caso de tentativa de abuso sexual chegou a ser aberta pela entidade responsável pelo Oscar, mas no fim – e em razão da falta de provas – ele acabou se livrando de qualquer tipo de punição. Bailey foi o principal responsável pela decisão histórica tomada pela Academia em outubro de expulsar Harvey Weinstein de seu hall de membros. O mandato dele como presidente expira em 2021. (Por Anderson Antunes)