31.07.2019  /  10:57

Presença de poderosos no Google Camp promete trânsito de jatinhos na Itália. Aos detalhes!

Leonardo DiCaprio, Harry e Barack Obama estarão lá || Créditos: Reprodução

Acontece no próximo fim de semana na região da Sicília, no sul da Itália, mais uma edição do Google Camp, evento anual exclusivíssimo criado pelos fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin e cujo objetivo é reunir poderosos para tratar de um único tema relevante para todos, que no caso é o meio ambiente. Mas chama atenção o fato de que muitos desses ‘bambambãs’ que já confirmaram suas respectivas presenças no gathering onde a imprensa sempre é vetada pretendem viajar rumo a terras italianas a bordo de seus aviões particulares e iates, que em ambos os casos emitem quantidades enormes de dióxido de carbono (CO2) a cada vez que são utilizados.

Estimativas feitas pela imprensa italiana dão uma ideia disso: até o próximo domingo, nada menos que 114 jatinhos vindos dos Estados Unidos deverão pousar em um aeroporto de Palermo que fica perto do local onde será realizado o encontrão – o luxuoso Verdura Golf & Spa Resort, cujo estacionamento já está repleto de Ferraris, Maseratis e afins -, e só esses brinquedinhos aéreos deverão despejar nada menos que 100 mil quilos de CO2 nos ares ao longo do percurso intercontinental.

Na lista daqueles que estarão no Google Camp desse ano há nomes como o do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, o do príncipe Harry, além dos de Leonardo DiCaprio, Katy Perry, Harry Styles, Orlando Bloom, Stella McCartney, Bradley Cooper, e do casal Diane von Fürstenberg e Berry Diller. Esses dois últimos, aliás, já estão na Sicília e chegaram lá em seu mega-iate Eos, uma embarcação de ponta que custou a eles US$ 200 milhões (R$ 758 milhões) e conta com dois super-motores alimentados a diesel. À parte as discussões sobre como salvar o planeta, a turma também vai curtir shows cheios de pirotecnia de Sting, Elton John e Chris Martin. (Por Anderson Antunes)