18.04.2018  /  9:00

Prédio de Amal e George Clooney em NY é suspeito de abrigar hotel ilegal

George e Amal e o endereço deles em NY || Créditos: Getty Images/Reprodução

Amal Clooney mal desembarcou em Nova York para voltar a dar aulas de direito na prestigiada Columbia University e já teve seu nome envolvido em uma polêmica. Como assim? É que a mulher de George Clooney alugou por US$ 9 mil (R$ 30,6 mil) mensais um apartamento em uma townhouse na disputada Sullivan Street, no SoHo, onde mora atualmente com o ator e os gêmeos Ella e Alexander – e o prédio está na mira das autoridades da cidade por supostamente abrigar um hotel ilegal.

O problema é que a propriedade não dispõe de documentação apropriada para operar esse tipo de estabelecimento e sequer tem alarme de incêndio, o que é obrigatório em todos os hotéis de la – e até mesmo em imóveis do Airbnb. Isso sem falar que o dono da townhouse não mora lá, e nesse caso está impedido de alugar os apartamentos vagos para turistas ou viajantes a trabalho por um prazo inferior a 30 dias.

Embora não esteja envolvida diretamente no imbróglio, que por enquanto diz respeito apenas a um flat do subsolo, Amal – que assina o contrato de aluguel do apartamento – pode ser chamada para depor como testemunha em uma audiência da prefeitura marcada para a próxima quinta-feira. Aliás, o casal John Legend e Chrissy Teigen, que também já usou o endereço, corre o mesmo risco de ter que dar as caras numa repartição pública. (Por Anderson Antunes)