12.02.2010  /  15:30

Quentin Tarantino passa por saia justa ao se apoiar em quadro avaliado em US$ 1 milhão.

Quentin Tarantino passou por uma saia-justa nessa quinta-feira. O diretor de "Bastardos Inglórios", que estava em um almoço oferecido em homenagem à indicação que teve ao Oscar deste ano, promovido na casa do galerista Nathan Bernstein, em Nova York, causou um espanto geral entre os convidados. Tudo porque, enquanto papeava com um amigo, ele se apoiou, sem perceber, em uma tela do artista norte-americano James Rosenquist, avaliada em US$ 1 milhão.

* Quem viu a cena garante que todos ficaram apreensivos. Já pensou se ele rasgasse o quadro, acidentalmente?

* Será que Tarantino quis imitar a mulher que caiu sobre uma rara tela de Picasso, no Metropolitan Museum, em Nova York, em janeiro deste ano?

Quentin Tarantino: saia-justa em Nova York