26.03.2018  /  10:56

Por dentro do casamento “tropical chic” de Juliana Carvalho e Antonio Bordon, em Salvador

Cliques do casamento de Juliana e Antonio Bordon || Créditos: Reprodução Instagram

Todos os olhares estavam voltados para Salvador nesse final de semana, onde aconteceu a cerimônia de casamento seguida de festa de Juliana Carvalho e Antonio Bordon. A troca de votos foi na belíssima Igreja de São Francisco que fica no Centro histórico de Salvador. Depois, os cerca de 650 convidados – boa parte de São Paulo – foram recebidos pelos noivos no Palácio da Aclamação, que foi durante mais de 50 anos a residência oficial dos governadores da Bahia. A noiva e sua mãe, Gracinha Carvalho, vestiram Valentino, label que a noiva atua como PR. O responsável por deixá-la ainda mais bela foi o beauty artist Allan Jhonnes. A cerimônia foi orquestrada pela Boutique de 3. Tanto a família da mãe quanto do pai da noiva, André Joaquim de Carvalho, são de Salvador, por isso o destination wedding. A música escolhida pelos noivos para a primeira dança como casados foi um cover de “Catch and release”, por Julien Mueller.

O décor da festa, feito por Vic Meirelles, manteve linha clássica mas com toques baianos. Nos centros das mesas arranjos com patuás de prata, candelabros e pássaros feitos com pedras brasileiras. Na entrada da festa, cascata de flores e cipos que desciam de árvore centenária recebia os convidados.

O menu ficou a cargo do buffet local Milton Martinelli com a consultoria de Joyce Dabbah do L’ Épicerie e foi dominado por referências da culinária baiana. Destaque para a apresentação impecável dos pratos com toques de tropicalismo. As toalhas foram bordadas à mão e os pratos com pinturas douradas davam o toque de charme.

O grand finale ficou por conta da mesa de sobremesas brasileiras, entre elas doce de abóbora, goiabada cascão, couscous de tapioca, tabuleiros de quebra-queixo e de coco queimado com abacaxis vitorianos e baunilha de Madagascar. A mesa do bolo foi outro show a parte. Assinada por Isabella Suplicy, que teve como referência uma mesa imperial com fartura de doces brasileiros e portugueses, o bolo de Brownie foi feito em São Paulo e finalizado em Salvador, quando ganhou o mesmo desenho das toalhas, criado pela doceira junto com a mãe da noiva. “Gracinha foi fundamental”, contou Isabella ao Glamurama. “Ela tem muito bom gosto unindo simplicidade com requinte. Criamos tudo juntas.” Atrás da mesa de doces, dois painéis de azulejos portugueses foram misturados com folhagens.

Entre os convidados, glamurettes como Marina Ruy Barbosa e Xande Negrão, Lelê Saddi, Marcella Tranchesi e Lalá Rudge, que pegou o buquê, acompanhada do namorado Bruno Khouri.

Os noivos dispensaram a apresentação de bandas, como é comum em casamentos desse porte. Animaram a pista all night long os DJs Milton e Beto Chuquer, com participação especial do saxofonista Marcelo Freitas. A festa, que começou por volta de 20h30, seguiu animada até às 6h30. No setlist, músicas clássicas de casamento, axé, ritmo que a noiva ama, e balada. Os noivos ficaram até o fim animadíssimos e depois de tanta emoção e divertimento ao longo de mais de 10 horas de festa embarcam nesta segunda para a lua de mel no Taiti.