25.03.2019  /  10:05

Por causa de cavalo, Madonna ouve “NÃO!” dos portugueses e os acusa de ingratidão. Entenda!

Madonna || Créditos: Getty Images

De malas prontas para deixar Lisboa, Madonna corre o risco de ter seu status como moradora mais ilustre de Portugal ser trocado rapidamente para “persona non grata” na terrinha. Segundo a mídia de lá, a material girl ficou chateadíssima com uma negativa oficial que recebeu em Sintra dias atrás. É que Madge queria porque queria levar um cavalo puro-sangue lusitano para dentro da Quinta Nova da Assunção, uma propriedade do século 19 tombada pelo patrimônio histórico e localizada no centro da cidade portuguesa que está servindo de cenário para as gravações de um novo videoclipe dela, batizado “Madonna’s Indian Summer”, mas as autoridades locais descartaram a ideia logo de cara citando motivos de segurança.

Presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta chegou a declarar em entrevistas que “há coisas que o dinheiro não paga”. “Em hipótese alguma eu permitiria que um cavalo entrasse na casa principal da quinta, isso não faz sentido! A Madonna é uma artista, mas o palácio é de todos e precisa ser preservado”, o político disse ao jornal “Expresso”, aparentemente bastante irritado.

A reação da dona dos hits “Vogue” e “Like a Virgin” foi no mesmo tom, só que terceirizada via uma troca de mensagens com os representantes dela obtida pelo pessoal do “Correio da Manhã”. No bate papo virtual que acabou vazando, Madonna é informada sobre o não dos sintrenses e acaba culpando todos os portugueses pelo ocorrido. “Já dei tanto a Portugal e quando peço um simples favor, para mostrar ainda mais o país para o mundo, acontece isso”, ela reclamou, antes de jogar a responsabilidade pelo ocorrido no colo de um fiel escudeiro, cuja identidade não foi revelada até agora. “A culpa é sua. Foi você que me convenceu a vir morar pra cá”. Ora pois… (Por Anderson Antunes)

A Quinta Nova da Assunção, em Sintra || Créditos: Reprodução