09.04.2020  /  10:08

Por causa da pandemia, Bella Thorne libera inquilinos de sua mansão de R$ 10 mi de lhe pagarem o aluguel

Bella Thorne || Créditos: Reprodução

Bella Thorne está fazendo sua parte para minimizar os danos econômicos causados pela crise do novo coronavírus nos Estados Unidos. Dona de uma mansão na disputada região de Sherman Oaks, na Califórnia, que comprou por US$ 2 milhões (R$ 10,2 milhões) quando tinha apenas 19 aninhos, a ex-estrela da Disney alugou a propriedade para terceiros logo depois de fechar o negócio e agora decidiu liberar a turma que nela vive de lhe pagar o aluguel desse mês.

Pode parecer estranho que pessoas que têm condições de viver em um imóvel desse valor e tão bem localizado precisem de ajuda financeira, mas inquilinos de todas as faixas de renda estão entre os mais afetados nesse momento de pandemia de Covid-19 nos EUA, uma vez que trabalhadores do país em geral estão cumprindo quarentena em casa e sem receber e o valor máximo pago pelo governo de lá a título de auxílio de emergência não passa de US$ 1,2 mil (R$ 6.138).

Thorne, que hoje está com 22 anos, vive atualmente em uma outra mansão que tem em Calabasas, também na Califórnia, pela qual pagou US$ 3 milhões (R$ 15,3 milhões) em 2018. A atriz e cantora deverá reaparecer nas telas nesse ano em pelo menos quatro produções, sendo uma delas a continuação da comédia de horror “Uma Babá Objeto de Desejo”, lançada há três anos diretamente pela Netflix. (Por Anderson Antunes)