14.03.2020  /  9:00

Por causa da crise, os mais ricos do Brasil tiram dinheiro do país e reforçam seus investimentos no exterior

Os family offices de brasileiros mantidos no exterior estão contratando || Créditos: Reprodução

Não foram apenas os investidores estrangeiros que tiraram bilhões de dólares do Brasil nas últimas semanas. Muitos brasileiros ricos também estão voltando seus olhos para os mercados exteriores a fim de garantir um lugar mais seguro para seus ativos líquidos (em geral, ações de grandes empresas, títulos de dívidas e moedas estrangeiras). Na grande maioria dos casos, os Estados Unidos são o destino financeiro favorito dessa turma, o que explica o fato de que muitos family offices mantidos por bilionários brasileiros em Nova York e Miami estão em franco processo de aumento de suas equipes de executivos.

Esse é o caso, por exemplo, do Brasil Warrant Gestão de Investimentos, da família Moreira Salles. Mais conhecido como BW, o escritório de investimentos sediado em NY contratou recentemente uma leva de novos profissionais vindos de grandes bancos americanos, justamente com o objetivo de dar a eles a tarefa de aumentar sua carteira internacional. Vale lembrar que não faz muito tempo o movimento era exatamente o contrário, com family offices dos EUA e da Europa focando no Brasil, então tido como a grande promessa entre os países emergentes. (Por Anderson Antunes)