19.05.2018  /  5:04

Ponta do lápis: feitas as contas, casamento de Meghan e Harry vai custar mais de R$ 300 mi

Família real vai bancar a maior parte || Créditos: Getty Images

Tudo colocado na ponta do lápis, o casamento deste sábado de Meghan Markle e do príncipe Harry – respectivamente a futura duquesa e o recém-nomeado duque de Sussex -, vai custar £ 61,6 milhões (R$ 309,8 milhões). A maior parte da conta tem a ver com segurança – algo entre £ 23,7 milhões (R$ 119,2 milhões) e £ 29,7 milhões (R$ 149,4 milhões) – portanto mais do que os cerca de £ 20 milhões (R$ 100,6 milhões) gastos para o mesmo no fim na subida ao altar de Kate Middleton e do príncipe William, em 2011.

O aumento se explica em razão dos riscos maiores que existem hoje em dia para colocar tantos herdeiros do trono juntos no mesmo lugar, considerando que nos últimos sete anos o terrorismo avançou em toda a Europa e a terra da rainha Elizabeth II não é exceção.

Também consumiu alguns milhões de libras esterlinas extras a logística por trás do plano mirabolante para garantir a integridade física dos mais de 100 mil visitantes que são esperados em Windsor, uma cidade medieval de ruas e vielas estreitas de apenas 32 mil habitantes.

Da soma total, pelo menos £ 32 milhões (R$ 161 milhões) serão bancados pela família real com recursos próprios, e a diferença de quase £ 30 milhões (R$ 150,9 milhões) ficará por conta dos contribuintes britânicos. Grupos de republicanos, aliás, devem aproveitar o fuzuê das próximas horas para pedir a queda da monarquia, mas não deverão atrair muitos simpatizantes: a maioria dos súditos só quer saber de festar com mais uma união real. (Por Anderson Antunes)