25.12.2019  /  12:27

Point de fim de ano favorito de bilionários, a ilha caribenha de St. Maarten tem congestionamento de mega-iates

O mega-iate “Eclipse”, de Roman Abramovich || Créditos: Reprodução

Tá rolando um congestionamento de mega-iates em St. Maarten, a ilha holandesa localizada no Caribe e destino de fim de ano favorito de muitos bilionários. Em um intervalo de apenas algumas semanas, subiu de 16 para 52 o número de brinquedinhos marítimos desse porte que só mesmo os membros do clube dos dez dígitos podem bancar, e que lá estão ancorados nesse momento.

E como tamanho, nesses casos, é documento, o mega-iate mais clicado pelos turistas presentes na ilha é o “Eclipse”, cujo dono vem a ser Roman Abramovich. O bilionário pagou € 1 bilhão (R$ 4,54 bilhões) pela embarcação que tem 162,5 metros de comprimento, capacidade para 24 hóspedes, lasers “anti-paparazzi” e consome nada menos que US$ 65 milhões (R$ 265,3 milhões) por ano só em custos de manutenção.

Solteiro desde o fim de seu casamento com Dasha Zhukova, o dono do time de futebol inglês Chelsea organiza há anos as festas de réveillon mais badaladas dos mares caribenhos a bordo do Eclipse, que foi batizado assim por causa da iluminação exterior que o deixa ainda mais estonteante sob a luz do luar, lembrando que o russo também tem uma mansão na praia Gouverneur, em St. Barth.

E onde há qualquer tipo de aglomeração, sempre surge algum problema, como bem pode dizer o bilionário paquistanês Viktor Rashnikov. Dono do mega-iate “Ocean Victory”, que tem 139 metros de comprimento, ele viu o barco colidir com uma estrutura da marina de St. Maarten no último domingo, quando baixou no hotspot, o que lhe rendeu uma multa bem salgada. Faz parte. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o vídeo da colisão do “Ocean Victory” na marina de St. Maarten: