04.11.2015  /  15:58

PETA acusa Oscar de la Renta de usar pele de elefante. Entenda

576762625GH00128_Oscar_De_L
Desfile de primavera/verão 2016 da Oscar de La Renta || Créditos: Getty Images

A marca Oscar de La Renta foi acusada pelo PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) nessa terça-feira de oferecer à venda no e-commerce “Gilt” sapatos feitos 100% com pele de elefante. Em resposta, um porta-voz da maison negou o fato: “Isso não é verdade. Como Gilt Groupe reconheceu, isto resultou da etiquetagem incorreta de um de nossos produtos como feitos 100% a partir de pele de elefante. Eles reconheceram o erro e se moveram para corrigi-lo no site. Infelizmente, muitos de seus usuários já viram e compreensivelmente estão indignados, como nós estamos. Nós não usamos e nunca usaremos pele de elefante em algum dos nossos produtos”, alegou.

Ainda segundo o“WWD”, a confusão pode ter sido gerada com a palavra elaphe, um tipo de cobra usado como material em roupas e acessórios. Em seu site, o PETA não perdeu tempo e disparou: “por vender sapatos feitos de pele de elefante , tanto ‘Gilt’ quanto Oscar de la Renta são cúmplices no massacre desses gigantes gentis inteligentes, sociais e empáticos.”

A associação também informou que mais de 100 elefantes são mortos por dia por caçadores.