Dica Suzuki Grand Vitara: Bonaire, um paraíso no Caribe do mergulho

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Bonaire, uma pequena ilha caribenha situada no largo da costa da Venezuela, é um dos deslumbrantes destinos preferidos para os mergulhadores de todo o mundo: água cristalina, poucas correntes marítimas, luz o dia todo e muita vida aquática.

Durante o mês de outubro, Glamurama e Suzuki conversaram com a mergulhadora Karol Meyer – um dos maiores nomes brasileiros quando o assunto é mergulho livre – para saber as curiosidades de alguns paraísos como esse para a prática do esporte. Confira!

Quantas vezes você já mergulhou em Bonaire?

Oito vezes! Tenho parcerias em Bonaire e há cinco anos viajo para o resort Buddy Dive. Lá, realizo palestras, cursos de apneia, aulas de yoga e respiração, treinamento de mergulho e passeios que são pura aventura.

Quais os maiores atrativos da Ilha? Quais são os pontos imperdíveis?
São vários. A costa é repleta de corais, onde você pode escolher a profundidade do mergulho e o visual vertical das paredes, dependendo do ponto que está. Uma boa é começar os mergulhos pelo Buddy Dive Reef, onde se pode visitar a enfermaria de corais -um local de estudo e preservação, visando a recolocação de corais em locais mais afetados. A ideia é de se criar verdadeiros jardins mantendo e até melhorando os já existentes. Outros pontos interessantes são os famosos naufrágios -como o Hilma Hook, bem perto costa-, os pontos de mergulho The Lake, Karpata e Klein Bonaire –uma pequena ilha, super perto- e Salt Pier.

Como você descobriu Bonaire?
Bonaire é famosa por ser um local onde os mergulhos podem ser feitos da costa. São mais de 60 pontos que podemos acessar de carro, o que permite grande mobilidade e até cinco mergulhos por dia.

Existe algum cuidado especial para quem vai mergulhar por lá?
Como a região é um parque marinho, todos precisam assistir ao vídeo do Bonaire Marine Park para entender os cuidados exigidos para o mergulho na região. Além disso, é necessário pagar uma taxa de preservação e mergulhar com um bottom, uma espécie de selo impresso em acrílico que todos devem acoplar no colete ou cinto para identificação. Entre os cuidados de cada um, é importante estar sempre atualizado e mergulhando com estabilidade na flutuação para não tocar nos corais –é proibido mergulhar com luvas e facas.

Alguma lembrança especial do destino? Alguma curiosidade?
Sempre temos surpresas debaixo da água. Bonaire é, para mim, um local pelo qual tenho grande carinho, tanto pela receptividade como pela parceria com o melhor resort da região e a Secretaria de Turismo. A ilha já foi palco, inclusive, de dois de meus recordes mundiais e três sulamericanos!

Você já teve encontro com grandes animais mergulhando na região?
Sim! Recentemente, durante os mergulhos de aventura, encontramos uma arraia manta tão grande que chegamos a filmar. (Clique aqui para assistir ao vídeo). Um mergulho interessante é o noturno, no Salt Pier, onde normalmente vemos enormes Tarpões.

Você acha que a região é boa para quem quer começar a mergulhar?
É possível mergulhar com qualquer nível. Os mergulhos de nitrox permitem que você aproveite ainda mais o tempo debaixo da água, e os mergulhos em apneia são excelentes, pois temos também diversos dive spots com profundidades menores.

O mar do caribe é bom para mergulho?
Muito! É um dos mares mais indicados. Água azul, temperatura agradável, grande visibilidade, poucas correntes, muita vida.
*Ficou interessado? Clique aqui para ver o video da Enfermaria de Corais, e aqui para ver o recorde mundial alcançado por Karol Meyer na ilha de Bonaire! Quer ver mais dicas? Veja o que Karol Meyer falou sobre Fernando de Noronha, Naufrágios e Laje de Santos!

* Aproveite para conhecer o novo Grand Vitara 2014. Acesse o site www.suzukiveiculos.com.br e fique por dentro das novidades Suzuki, curta a página no Facebook (facebook.com/suzukibr) e siga no Instagram (@suzukibr) e Twitter (@suzukiveiculos).