04.05.2014  /  11:31

Pelé fala de NY, futebol americano e, é claro, Copa do Mundo

A maior lenda do futebol brasileiro se declara “parte de Nova York”. Trata-se de Pelé, que, em entrevista ao site “Page Six”, contou que desde que estreou no Cosmos, em 1975, considera-se parte da cidade. “Tenho um apartamento na 54 com a Segunda Avenida desde 1974. Eu ainda moro lá, todo verão venho a Nova York”. Duas de suas filhas moram em Nova York e ele ainda mantém uma casa no East Hampton. Inverno não é para ele, “moro metade do ano no Brasil e a outra metade em Nova York, nunca vejo o inverno”.

O craque ainda contou que chegou a ser sondado, na época do Cosmos, para jogar futebol americano no New York Giants, mas recusou o convite: “Não posso fazer gols vestindo um capacete”. Quanto à Copa do Mundo no Brasil: “É uma grande responsabilidade para o Brasil sediar a Copa do Mundo e todos querem que a nossa seleção ganhe”. Pelé é ainda presidente honorário do Cosmos e acompanha de perto o progresso da MLS (Major League Soccer), a liga de futebol norte-americana, inclusive a criação do New York City Football Club, time de futebol de Nova York que pretende estrear na temporada de 2015. Ainda sobrou tempo para um comentário sobre o erro da CNN, que tuitou em março deste ano que Pelé havia morrido: “Minha família me ligou em pânico. Eu disse, ‘as pessoas podem dizer que o Pelé morreu, mas o Edson está vivo'”.